A Sálvia Branca

A Sálvia Branca é uma planta sagrada para os índios norte-americanos. Cresce de maneira selvagem nos desertos do oeste dos Estados Unidos até ao Novo México, predominantemente na Califórnia. Por centenas de anos, a Sálvia Branca tem sido considerada uma planta sagrada, purificadora e protectora. As folhas da planta são verde-esbranquiçadas, e se esfregar as folhas frescas entre o polegar e o indicador, pode sentir libertar-se um aroma refrescante e de limpeza.Os nativos americanos iniciaram a tradição de usar a sálvia branca para afastar os espíritos do mal e as energias negativas. Era também usada em cerimônias para pedir bênçãos para saúde e prosperidade, banir os espíritos perdidos e encorajar a proteção. A Sálvia Branca pode potenciar qualquer técnica de limpeza e proteção que você já esteja usando. Como planta e ser vivo, a Sálvia também tem um espírito que oferece proteção, bênçãos e limpeza. O espírito da planta sabe exatamente quanta negatividade ou peso precisa ser libertado e vai queimar de acordo com essa libertação.Se observar o fumo, ele poderá deslocar-se para uma parte específica da sala ou pessoa – é aí que a energia de cura / proteção é mais necessária.Use uma taça para colocar a planta depois de ter sido acesa. Qualquer pedaço de cerâmica grossa pode servirA Sálvia pode ter vários formatos: folha ou tocha são os mais usados.

Leia também

As japamalas

As japamalas (em sânscrito, ‘𝙟𝙖𝙥𝙖’ significa 𝙧𝙚𝙥𝙚𝙩𝙞𝙘̧𝙖̃𝙤 e ‘𝙢𝙖𝙡𝙖’quer dizer